DICA 1

Para começar essa semana, vamos propor uma reflexão sobre algumas questões que nos perseguem a todo momento:

  • O que é importante na nossa vida?

  • Essas coisas nos motivam?

  • O que elas nos proporcionam?

  • Quais sentimentos elas nos trazem?

 

 

Podemos fazer uma lista de valores em resposta aos questionamentos acima e elencar os 5 principais em ordem hierárquica de importância. Alguns exemplos podem ajudar: segurança, ascensão social, felicidade em família, reconhecimento, liberdade, realização pessoal/profissional, sucesso financeiro, etc.

 

Não continue a leitura até que você tenha refletido e identificado rapidamente seus 5 principais valores... Vamos fazer isso?

 

Pronto? Então vamos lá!?

Nos momentos em que precisamos tomar uma decisão, é importante ter em mente que, feita a nossa escolha, estamos priorizando algo em detrimento de alguma outra coisa. Seja no nosso dia-a-dia, como escolher o que iremos pedir no restaurante, ou na nossa carreira, ao decidir aceitar uma nova proposta de emprego, a vida acaba sendo uma sequência de escolhas que nos fazem seguir nosso caminho, de forma mais ou menos sinuosa. É fato.

Vamos refletir: nossas últimas ações e DECISÕES estão congruentes com os valores que identificamos? Estamos decidindo em acordo com o que julgamos importante para nós, para nossa família, para nossos negócios, para a sociedade? 

Entender o que valorizamos é fundamental para tomarmos melhores decisões. Vamos imaginar, por exemplo, um executivo que assume um novo desafio profissional em outra cidade e tenha a seguinte ordem de valores:

 

1) felicidade em família;

2) saúde;

3) convivência com seus pais e amigos;

4) realização profissional; e

5) segurança.

 

A decisão acarreta impacto nos valores 1 (felicidade em família) e 3 (convivência com seus pais e amigos). Ao longo do tempo, os demais valores também podem ser negativamente impactados. Apenas o valor 4 (realização profissional) foi priorizado na decisão.

 

Podemos pensar que - naquele momento - havia necessidade de priorizar a carreira. É verdade! Vários fatores podem fazer com que priorizemos um valor em detrimento de outro, mas isso deve ser uma escolha consciente, onde os impactos positivos e negativos devem ser analisados com cuidado e é preciso sempre gerenciar expectativas dos envolvidos.

Pode ser difícil atendermos a todos os nossos valores numa decisão, mas acreditem, conhecer aquilo que valorizamos nos ajuda a decidir melhor e a compreender de forma consciente as consequências das nossas escolhas. Contrariar nossos valores é a receita certa para frustrações e conflitos.

 

Que todos possamos tomar decisões melhores, com base no que valorizamos!

Emmânuel Lucena

- Artigo publicado originalmente no LinkedIn de Emmânuel Lucena em 15 de Fevereiro de 2016

 

Compartilhe no Facebook
Please reload

Produzido por Criativa - Gestão empresaria

Diretos Reservados para © fernandopneus.com.br - 2016